Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Em inglês, também é chamado de ADD, ADHD ou de AD/HD. Ele é reconhecido oficialmente por vários países e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em alguns países, como nos Estados Unidos, portadores de TDAH são protegidos pela lei quanto a receberem tratamento diferenciado na escola.
Abaixo seguem alguns sintomas que encontramos com maior frequência e intensidade em adultos com TDAH, comparados a uma pessoa que não possui o transtorno:

• Instabilidade profissional;

• Rendimento abaixo da capacidade intelectual;

• Falta de foco e atenção;

• Dificuldade de seguir rotinas;

• Tédio;

• Maior incidência de divórcios e separações conjugais;

• Maior incidência de acidentes de transito;

• Dificuldade de planejamento e execução das tarefas propostas;

• Maior índice de desemprego;

• Procrastinação;

• Ansiedade diante das tarefas não estimulantes;

• Maior índice de desistência em Universidades / evasão escolar;

• Dificuldades nos relacionamentos; relacionamentos instáveis;

• Frequente alteração de humor;

• Frequentes esquecimentos, perdas e descuidos para datas e reuniões importantes;

• Dificuldades para expressar suas ideias, colocar em prática o que está pensando/em sua cabeça;

• Dificuldade para escutar e esperar a sua vez de falar;

• Frequente busca por novas coisas que o estimulem;

• Intolerância a situações monótonas e repetitivas;

• Repetição frequente de erros, frequente falta de atenção com coisas simples.

Fonte: Associação Brasileira de Déficit de Atenção.

Agende sua consulta